Ataque suicida mata nove e fere 29 no Paquistão

Agência EFE

ISLAMABAD - Pelo menos nove pessoas morreram e 29 ficaram feridas em um ataque suicida no vale de Swat, no Norte do Paquistão, segundo o canal de televisão Geo TV. O atentado foi cometido perto da cidade de Mingora. O suicida jogou o carro que dirigia, repleto de explosivos, contra um comboio do Exército paquistanês. Entre os mortos havia vários civis.

Em comunicado, o Exército paquistanês disse ainda que outros 15 soldados e 14 civis ficaram feridos. Há alguns meses, o vale de Swat era um popular destino turístico, mas agora se tornou um dos principais focos de combate entre o Exército e os fundamentalistas islâmicos.

Só este ano, mais de 750 pessoas morreram no Paquistão em ataques dos grupos rebeldes. A situação piorou após a invasão do Exército à Mesquita Vermelha de Islamabad, um reduto de radicais no Centro da capital. O saldo foi de mais de 60 mortos após dois dias de confrontos.

Em novembro, os militares realizaram uma forte ofensiva em Swat para acabar com os seguidores do mulá Fazlullah, um clérigo radical que queria a implantação da lei islâmica na região. O Paquistão registrou mais de 40 atentados suicidas este ano, muitos deles contra as tropas e as forças de segurança.