França pode aumentar tropas no Afeganistão, diz Sarkozy

REUTERS

RIO - O presidente francês, Nicolas Sarkozy, disse que a França poderia aumentar sua presença no Afeganistão para ajudar Exército e a polícia do país.

Sarkozy fez uma visita-surpresa ao Afeganistão para cumprimentar soldados franceses pelo Natal.

- A principal contribuição das tropas francesas é ajudar no treinamento e formação do Exército afegão, uma polícia afegã, para ajudar na criação de uma administração afegã, um Judiciário afegão - disse Sarkozy.

O líder do Taliban mulá Omar mandou um recado às forças estrangeiras na terça-feira para se retirarem do Afeganistão. Diplomatas e militares locais sugerem uma nova estratégia no combate aos rebeldes no país.

- O que é certo é que nós não queremos dar um sinal de partida, que seria um sinal desprezível no momento em que se vê a destruição infligida pelo terrorismo no mundo - disse Sarkozy. A França tem 1.900 soldados no Afeganistão.

Sarkozy afirmou que uma decisão sobre o contingente de soldados franceses no país deve ser tomada nas próximas semanas.