Polícia portuguesa duvida de morte de Madeleine

Portal Terra

RIO - A Polícia Judiciária portuguesa, que investiga o desaparecimento da menina britânica Madeleine McCann, agora duvida da morte da criança, informou hoje a agência Ansa.

- Já não temos tanta certeza que ele esteja morta - declarou uma fonte da investigação ao tablóide inglês Sunday Mirror.

- Não temos nenhuma prova que a menina esteja morta. Se tivéssemos, não levaríamos em consideração a teoria do seqüestro - continuou.

Os detetives suspeitavam em princípio que Madeleine tinha sido assassinado no último dia 3 de maio, data do seu desaparecimento, no quarto de hotel na Praia da Luz, sul de Portugal, onde passava férias com a família.

No entanto, após a falta de provas concretas, agora a polícia acredita que a menina continua viva.

Clarence Michell, porta-voz oficial dos pais da menina, Kate e Gerry McCann, declarou que a linha de investigação durante os últimos meses "esteve errada".