Nove pessoas são detidas em manifestação na Malásia

Agência EFE

MALÁSIA - A Polícia malásia deteve neste domingo nove pessoas por participar de uma manifestação a favor dos direitos humanos organizada por um grupo de advogados na capital, Kuala Lumpur, e que não tinha recebido autorização oficial.

Oito dos detidos, quatro deles advogados, foram levados a uma delegacia de Kuala Lumpur por participar de "uma assembléia ilegal", indicou um porta-voz da Polícia à agência oficial "Bernama", que acrescentou que os manifestantes não quiseram se dispersar.

Segundo as autoridades, as detenções ocorreram após uma discussão com os agentes da ordem, depois que estes tentaram dispersar o grupo.

A nona detenção, de uma pessoa identificada como Edmund Bon, também advogado, aconteceu posteriormente, supostamente por obstruir o trabalho das autoridades que tentavam retirar os cartazes colocados pelos manifestantes.

Alguns dos participantes da manifestação usavam máscaras e carregavam cartazes para comemorar o Dia Mundial dos Direitos Humanos, na segunda-feira.