Pesquisa revela que os homens mentem mais que as mulheres

Agência EFE

BERLIM - Os homens mentem com mais freqüência que as mulheres e admitem a mentira com mais facilidade, segundo uma pesquida publicada pela revista farmacêutica alemã 'Apotheken Umschau'.

O estudo destaca que, enquanto sete em cada dez mulheres afirmaram que tentam não mentir, seis em cada dez homens disseram ser tão rigorosos.

No entanto, a pesquisa não revela se os entrevistados mentiram enquanto eram interrogados.

Em todo caso, o estudo indica que mais de 75% das mulheres afirmaram taxativamente que não poderiam voltar a confiar em uma pessoa que tivesse mentido, contra 55% dos homens.

Os homens também estão mais dispostos a levar a mentira adiante, com 31% deles confessando que tendem ao exagero em determinadas situações para ficarem melhor, enquanto 21% delas fariam o mesmo.

Ao serem descobertos, 29% dos homens afirmaram que é indiferente para eles, e 18% da mulheres disseram não sentir vergonha.

A pesquisa foi realizada pelo instituto de análise demoscópico "GfK' de Nuremberg com 1984 homens e mulheres maiores de 14 anos na Alemanha.