Estudantes iranianos protestam contra detenção de três colegas

Agência EFE

TEERÃ - Cerca de 300 estudantes iranianos se concentraram nesta terça-feira em frente à Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Alameh, em Teerã, para exigir a libertação de três colegas detidos por causa de atividades políticas.

A manifestação começou por volta do meio-dia e durou três horas dentro do campus universitário, em meio a uma grande presença policial.

Várias testemunhas disseram que não houve confrontos entre os manifestantes e as forças de segurança, mas afirmaram que pelo menos cinco pessoas foram detidas, o que não foi confirmado por outras fontes.

Os estudantes gritaram frases contra o Governo e exigiram a libertação de três colegas, que foram condenados em meados deste mês a penas de dois a três anos de prisão por terem publicado uma revista com 'imagens contra-revolucionárias'.

Os manifestantes protestavam também contra uma sentença que impede cerca de 30 colegas continuem seus estudos, também por causa de atividades políticas.