Dalai Lama é recebido por premier canadense

Agência AFP

OTTAWA - O primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, conversou nesta segunda-feira com o Dalai Lama, apesar das advertências da China para que não recebesse o líder espiritual tibetano.

Harper e o Dalai Lama conversaram no gabinete do primeiro-ministro durante 40 minutos e tiveram "uma troca muito franca de pontos de vista", disse à AFP Jason Kenney, secretário de Estado canadense para o pluralismo cultural.

No encontro, os dois líderes abordaram a situação dos direitos humanos, a história do Tibet e a difícil situação do povo tibetano, revelou Kenney.

O Dalai Lama também agradeceu a Harper por tê-lo declarado cidadão honorário do Canadá.

- Espero que todo o mundo entenda a mensagem de que atacar um monge budista pacifista de 72 anos que defende apenas a autonomia cultural para seu povo é contraproducente -, destacou Kenney.

Em um comunicado publicado pelo jornal Globe and Mail, o ministro das Relações Exteriores da China informou que protestou insistentemente contra a visita do Dalai Lama ao Canadá, denunciando-o como separatista.