Cada vez mais mulheres chinesas sofrem de câncer de mama

Agência EFE

PEQUIM - Cada vez mais mulheres chinesas sofrem de câncer de mama devido à mudança na dieta, ao meio ambiente poluído e ao estresse, informou hoje a rede de televisão "CFTV".

A mesma fonte revelou que a doença afeta 45 de cada 100 mil mulheres em Pequim e 55 em Xangai. Os números representam uma alta de 23% e 31%, respectivamente, em relação aos de 1997.

As estatísticas do centro para a prevenção e o controle da doença provam que o câncer de mama aumentou consideravelmente tanto em Pequim quanto em Xangai, a capital econômica do país. Segundo uma enquete da Associação de Luta contra o Câncer em Xangai, são 4.500 novos casos por ano.

Qiao Youlin, catedrático do Instituto de Câncer e do Hospital da Academia Chinesa de Ciências Médicas, - o estilo de vida pouco saudável é o principal responsável pelo aumento no número de casos da doença, e apenas 10% deles são hereditários.