Ataques e combates no Iraque matam 10 pessoas em 24 horas

Agência EFE

BAGDÁ - Pelo menos 10 pessoas morreram e 10 ficaram feridas nas últimas 24 horas em ataques e confrontos em diferentes pontos do Iraque, informaram nesta terça-feira fontes policiais iraquianas.

As fontes explicaram que quatro soldados iraquianos, entre eles um oficial, foram mortos ontem pela explosão de uma bomba que atingiu o seu comboio em al-Zarzar, na província de al-Anbar, no oeste do Iraque.

Além disso, policiais iraquianos enfrentaram insurgentes ontem, perto de Ramadi, capital de al-Anbar. No combate morreu um suposto dirigente da Al Qaeda, identificado como Abu Tiba al-Karbuli. Nos combates, no vale de al-Adham, perto de al-Baghdadi, 160 quilômetros a oeste da capital, foram abatidos também outros três insurgentes.

Outras duas pessoas morreram ontem à noite e 10 ficaram feridas por bombardeios de helicópteros americanos contra áreas próximas a Tikrit, capital da província de Salah ad-Din, ao norte de Bagdá.

Segundo as fontes, os bombardeios em Albu Obeid, a oeste de Tikrit, causaram a morte das duas pessoas e feriram sete. Em Albu Ogeil, uma mulher e duas crianças ficaram feridas.

O Exército americano não confirmou nem desmentiu a informação.