Sarkozy interrompe entrevista, por perguntas sobre sua ex-mulher

Agência EFE

PARIS - O presidente da França, Nicolas Sarkozy, se retirou abruptamente de uma entrevista para o programa "60 minutes", da rede americana CBS, injuriado com as perguntas sobre sua ex-esposa Cecilia Sarkozy.

A entrevista, que foi transmitida ontem à noite, foi gravada há algumas semanas, quando o presidente ainda não tinha anunciado seu divórcio, embora existissem intensos rumores a respeito.

- Se tivesse que dizer qualquer coisa sobre Cecilia, certamente não o faria aqui - disse o presidente, com um sorriso forçado, à jornalista que o estava entrevistando, Lesley Stahl.

Em outro momento da gravação, se observa como um nervoso Sarkozy chama de "imbecil" seu assessor de imprensa, por ter marcado a entrevista.