Navios de EUA e Reino Unido rebocam barco com cocaína para Venezuela

Agência EFE

CARACAS - Uma embarcação dos Estados Unidos e outra do Reino Unido rebocam em direção à Venezuela um barco de pesca no qual acharam um carregamento de 3 toneladas de cocaína na última quarta-feira, informou nesta segunda-feira o Escritório Nacional Antidrogas (ONA).

O pesqueiro 'Doña Antonieta', com bandeira venezuelana, foi surpreendido em águas internacionais do Atlântico, a 1.200 milhas náuticas do litoral venezuelano e a 1.000 de Cabo Verde, detalhou em entrevista coletiva o presidente da ONA, coronel Néstor Reverol.

- Neste momento o barco pesqueiro com bandeira de nosso país vem rebocado para as costas venezuelanas, onde se espera a chegada na próxima segunda-feira, quando serão aprofundadas as investigações -, destacou.

As embarcações britânica e americana realizavam operações conjuntas no último dia 24, quando perceberam que os tripulantes do "Doña Antonieta' lançavam 'pacotes no mar'. Por isso, um de seus helicópteros o abordou e se presume que a carga era maior.

- Eles se comunicaram com o serviço de guarda costeira da Venezuela, que autorizou a abordagem. Uma vez registrada a embarcação apreenderam, mais de três toneladas de cocaína. Por isso, o barco está sendo rebocado para a Ilha Margarita -, no Caribe venezuelano, acrescentou o diretor.

Reverol também disse que só este ano as autoridades venezuelanas apreenderam em todo o país 44 toneladas de drogas, desmantelaram 13 laboratórios onde era processada cocaína e prenderam 2.000 pessoas.

Todos os laboratórios foram achados nos estados de Táchira e Zulia, na fronteira com a Colômbia.