Turquia: Manifestações sobre operação no Iraque deixam feridos

Agência JB

IZMIT - Várias pessoas ficaram feridas hoje na cidade turca de Izmit em uma manifestação a favor da intervenção militar de Ancara no Iraque, e em outro protesto, realizado em Istambul, contrária à opção armada no país vizinho.

Segundo informaram meios de comunicação turcos, em Izmit (província de Kocaeli, próxima a Istambul) a explosão de uma bomba deixou três feridos, entre eles um menor de idade.

A explosão dissolveu a manifestação em favor da intervenção do Exército turco no Iraque e contra os separatistas curdos, organizada pela Associação do Pensamento Kemalista (dirigida por generais reformados), acrescentou a agência "Anadolu".

Até o momento, nenhuma organização assumiu a autoria do atentado.

Por outra parte, na praça Okmeydani de Istambul, uma concentração de centenas de pessoas contra uma possível intervenção armada no Iraque, sob o lema "Basta" em turco e em curdo, deixou ainda mais feridos, segundo a agência pró-curda "Dicle".

Quando um grupo de pessoas no comício começou a lançar coquetéis molotov e a cantar slogans em favor do líder do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), Abdullah Ocalan (na prisão desde 1999), a Polícia interveio com veículos antidistúrbios e bombas de gás provocando ferimentos em vários ativistas.

Há dias a população turca sai às ruas com bandeiras nacionais nas cidades do país, em sua grande maioria para apoiar o Exército em sua intenção de realizar uma operação além da fronteira contra as bases do PKK no Iraque.