Fito Páez diz que políticos argentinos lhe causam pavor

Agência AFP

MONTERREY - O músico argentino Fito Páez, de passagem pela cidade mexicana de Monterrey, não quis manifestar seu apoio aos candidatos que concorrem à Presidência de seu país porque os políticos, segundo ele, fazem parte de um ambiente frívolo e patético e só lhe causam 'pavor'.

- Me dá um pouco de pavor o comportamento patético da classe política argentina, isso é o que posso dizer, a frivolidade na qual se move a classe política - disse o cantor, que está em Monterrey para participar de um Fórum Universal das Culturas, onde fará um show neste domingo.

Paéz afirmou que não se vê apoiando nenhum dos candidatos para assumir a Presidência nas eleições deste domingo. Acrescentou que "parece horrível a idéia de chamar pessoas famosas para que ocupem postos políticos, e não serei parte disto, não participarei das campanhas eleitorais".

Fito Paéz ressaltou que atualmente se dedica a promover seu último álbum e o filme que acaba de chegar às salas de cinema.

- Estreamos há pouco tempo. A idéia é estreá-lo pelo menos em salas de México, Colômbia, Chile, Uruguai e Brasil, Espanha, e não sei se nos Estados Unidos - acrescentou.