Exército turco concentra tropas em fronteira iraquiana

Agência EFE

ANCARA - O Exército turco impôs restrições 'próprias de um estado de emergência' em diversas áreas da província de Hakkari, na fronteira com o Iraque, onde aumentou sua presença com reforços de tropas militares e da Polícia. A informação foi dada pela agência pró-curda Firat, próxima ao grupo armado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), mas não foi confirmada pelos meios de comunicação turcos.

Segundo a Firat, o Exército turco proibiu a entrada de pessoas e veículos não pertencentes às forças de segurança nos distritos de Yüksekova e Cukurca, na província de Hakkari, onde esta semana ocorreram choques entre as tropas turcas e o PKK.

Neste domingo, 12 soldados e 34 separatistas morreram em combates, e outros oito militares turcos foram capturados pelo PKK em Hakkari, um incidente que 'pôs fim à paciência da Turquia', segundo o Governo de Ancara.

Desde então, o Exército desdobrou mais de 100 mil soldados na região, e promove incursões aéreas no norte do Iraque, onde os combatentes do PKK estabeleceram suas bases.

Nos distritos de Yüksekova e Cukurca, no extremo Sudeste da Turquia, estão concentrados 'dezenas de milhares' de efetivos da Polícia e do Exército, afirmou hoje a 'Firat'.