Advogado diz que há 'campanha brutal' contra juiz de caso Pinochet

Agência EFE

SANTIAGO DO CHILE - O advogado Alfonso Insunza, querelante no caso das contas secretas do falecido ditador chileno Augusto Pinochet, afirmou neste sábado que existe 'uma campanha brutal' de desprestígio contra o juiz do caso, Carlos Cerda.

Para o advogado, essa campanha influiu 'consciente ou inconscientemente' na decisão da Corte de Apelações, que na sexta-feira anulou os processos contra a viúva, quatro filhos e dez colaboradores de Pinochet por suposto desvio de fundos públicos.

- É uma campanha de desprestígio, de desqualificação brutal, inaceitável na realidade, porque ele é um juiz com um histórico de grandes méritos e foi desqualificado - disse Insunza à emissora de rádio 'Cooperativa'.

O advogado, que confirmou que apelou à Corte Suprema contra a anulação, disse que a imprensa foi usada para colocar a família Pinochet 'como vítima'.

Após processar os parentes e colaboradores de Pinochet no dia 4 de outubro, Cerda viajou aos Estados Unidos para receber um prêmio por seu trabalho na defesa dos direitos humanos, o que lhe custou uma série de desqualificações dos acusados, de advogados e de simpatizantes do falecido ditador.

Anteriormente, os advogados da família tinham mantido Cerda afastado do caso durante mais de um ano, mediante recursos em que questionavam sua imparcialidade.

Quanto à resolução de ontem, Insunza qualificou de 'estranho' que a Corte de Apelações tenha entrado em 'assuntos profundos' do processo, ao fundamentar sua decisão afirmando que os familiares de Pinochet não são funcionários do Estado e, portanto, não puderam desviar fundos públicos.

Destacou que um dos três juízes, Mauricio Silva, quis rejeitar os recursos da viúva Lucía Hiriart, de Marco Antonio Pinochet, do ex-testamenteiro Óscar Aitken e do colaborador José Sobarzo.

- Inclusive, há decisões da Corte Suprema que condenaram particulares que agiram junto a um funcionário público em fraude ao fisco. Portanto, essa parte da decisão eu acho que é estranha - insistiu.