Ex-policial diz que encontrou rastro de Madeleine

Agência AFP

LISBOA - Um ex-policial afirmou que encontrou rastro deixado pelo seqüestrador da menina britânica Madeleine McCann em uma praia na área próxima de onde a criança desapareceu, no Sul de Portugal. Daniel Krugel disse que vasculhou a Praia da Luz e arredores usando um equipamento de alta-tecnologia desenvolvido por ele mesmo.

Segundo o site News of the World, ele acredita que a menina não foi levada além da área, pois encontrou pistas do DNA de Madeleine em becos, estradas e caminhos na praia próxima, mas então os vestígios desaparecem, o que reforçaria a tese de que ela foi levada para o mar, talvez em uma lancha.

De acordo com Krugel, os pais de Madeleine lhe deram um pedaço de cabelo da criança, encontrado em sua roupa, que foi usado no dispositivo que se baseia em DNA da pessoa. Kate e Gerry McCann estão convencidos de que as evidências achadas pelo especialista significam que a menina foi levada viva e reforçando esperanças de que ela seja encontrada com vida, mas Krugel afirma que as chances dela ser encontra viva são "ínfimas".