Irã reabrirá no domingo a fronteira com o Curdistão iraquiano

Agência AFP

TEERÃ - O Irã reabrirá no domingo a fronteira com o Curdistão iraquiano, fechada há duas semanas como represália à detenção de um cidadão iraniano, acusado pelos Estados Unidos de tráfico de armas, anunciou a agência Fars.

- Depois de dois dias de negociações em Teerã entre dirigentes curdos e autoridades iranianas chegamos à conclusão de que o Iraque tomará as medidas necessárias para controlar a fronteira e impedir a infiltração de terroristas no Irã - explicou Mohammad Jafari, assessor do diretor do Conselho Supremo da Segurança Nacional, Ali Larijani, citado pela Fars.

- Decidimos reabrir as fronteiras amanhã, 7 de outubro de 2007 -acrescentou.

No dia 24 de setembro, o Irã fechou a fronteira com o Curdistão iraquiano para protestar pela prisão, uma semana antes, de um iraniano acusado pelos Estados Unidos de ser um agente de Teerã envolvido na entrega de armas aos rebeldes iraquianos.