Mulheres ligadas ao Hezbollah fazem manifestação

Agência AFP

BEIRUTE - Cerca de mil mulheres libanesas, simpatizantes do grupo xiita Hezbollah, fizeram uma manifestação perto da fronteira com Israel para comemorar o Dia de Al Quds (Jerusalém).

As manifestantes seguravam bandeiras libanesas, palestinas e amarelas do Hezbollah, assim como fotos de seu líder, Hassan Nasrallah, da mesquita Al-Aqsa, o terceiro lugar santo do Islã.

A manifestação seguiu até à porta de Fátima, que foi a fronteira durante os 22 anos de ocupação israelense do sul do Líbano.