Iranianos fazem manifestações contra Israel no Dia de Jerusalém

REUTERS

TEERÃ - Os moradores das principais cidades iranianas saíram às ruas, nesta sexta-feira, em uma grande manifestação para comemorar o Dia de Al Quds (Jerusalém). A marcha também foi palco de protestos contra a presença israelense na Cidade Santa.

Os manifestantes iranianos gritaram palavras de ordem como ''Morte a Israel e aos Estados Unidos''.

Em Teerã, a passeata começou às 10h (3h30 em Brasília) e percorreu sete avenidas em direção à Universidade da capital.

Os manifestantes levam bandeiras palestinas e do grupo libanês Hezbollah, além de fotografias do fundador da República Islâmica do Irã, o aiatolá Ruhollah Khomeini, do líder supremo, aiatolá Ali Khamenei, e do líder do Hezbollah, Hassan Nasrallah.