Polícia polonesa prende 48 por pornografia infantil na internet

REUTERS

VARSÓVIA - A polícia polonesa prendeu 48 pessoas suspeitas de distribuir pornografia infantil pela internet após operações realizadas pela manhã em todo o país, informaram autoridades nesta terça-feira.

Durante a segunda-feira, em buscas realizadas em casas, escritórios e cibercafés, a polícia também confiscou 92 computadores, 43 discos rígidos e vários milhares de CDs e DVDs suspeitos de conterem pornografia infantil, incluindo fotografias de crianças e animais.

A polícia afirmou que os homens presos eram padres, aposentados, estudantes e executivos. - Há também professores, que deveriam tratar as crianças com atenção, mas de acordo com nossas evidências, eles estavam tentando tirar vantagem delas - disse um porta-voz da polícia na cidade de Katowice, no Sul do país, onde alguns dos suspeitos foram presos.

As operações foram coordenadas com a Interpol, que forneceu informações sobre a localização dos suspeitos. Se condenados, os acusados enfrentarão penas de até oito anos de prisão.