Polícia boliviana abate monomotor carregado com cocaína

REUTERS

LA PAZ - A força de combate ao tráfico da Bolívia abateu a tiros um monomotor que carregava pelo menos 120 quilos de cocaína e que seria tripulado por brasileiros, segundo as primeiras informações. O piloto morreu e o co-piloto ficou ferido, afirmou a imprensa local. A operação aconteceu no distrito de Santa Cruz, região em que os traficantes costumam usar qualquer clareira ou planície como pista de aterrissagem.

Segundo o jornal La Razón, o piloto morreu carbonizado e o co-piloto sofreu queimaduras de segundo grau em 75% do corpo. Os cúmplices dos dois teriam fugido com a chegada da polícia.

Foi a primeira vez em pelo menos 20 anos que as autoridades bolivianas registram o abate de um avião carregado de cocaína.