Embaixador dos EUA diz que avanços no Iraque são decepcionantes

REUTERS

BAGDÁ - É extremamente decepcionante o progresso do governo iraquiano na direção das metas estabelecidas pelos Estados Unidos para reduzir a violência no país, através da reconciliação entre xiitas e árabes sunitas, disse nesta terça-feira o embaixador americano no Iraque, Ryan Crocker.

- O progresso em questões de nível nacional é extremamente decepcionante e frustrante para todos os envolvidos, para nós, para os iraquianos, para a própria liderança do Iraque - disse Crocker a repórteres, três dias antes de entregar um importante relatório ao Congresso sobre a situação no país.

- Esperamos sim resultados, assim como o povo iraquiano, e nosso apoio não é um cheque em branco - disse o embaixador.

Uma das poucas histórias de sucesso no Iraque, a nova estratégia de formar alianças com tribos no Oeste do país, não resultou em reconciliação, disse ele.

Está aumentando a pressão sobre o presidente George W. Bush para que sejam mostradas evidências de avanços na impopular guerra, ou então que as tropas sejam trazidas para casa. Crocker e o general David Petraeus, comandante das forças dos EUA no Iraque, vão entregar um relatório ao Congresso entre os dias 11 e 12 de setembro.