Míssil de Israel mata seis militantes do Hamas

REUTERS

GAZA - Um míssil israelense matou seis militantes do Hamas e feriu outro na segunda-feira na Faixa de Gaza, segundo funcionários de um hospital palestino.

Uma porta-voz do Exército israelense confirmou o disparo contra 'um carro que levava militantes que hoje haviam disparado foguetes contra Israel.'

O Hamas negou que os mortos tivessem lançado foguetes. O grupo não reivindica ataques contra Israel desde que o grupo islâmico assumiu o controle do território, em junho, após violentos confrontos com a facção laica Fatah. Entretanto, o grupo tem lançado morteiros, e outros grupos militantes continuam usando foguetes.

Num outro ataque na segunda-feira, um militante da facção Jihad Islâmica, que lançara um foguete contra Israel, ficou ferido por um míssil israelense.

Um porta-voz militar israelense disse que mais de 40 foguetes caseiros foram disparados da Faixa de Gaza contra Israel desde sexta-feira.

O Hamas disse que todos os seis mortos pertenciam à sua ala militar, chamada Izz el-Deen al-Qassam, e que o veículo foi atingido ao chegar a um posto de segurança do Hamas perto do campo de refugiados de Al Bureij, no centro da Faixa de Gaza.