Universidade Virginia Tech inaugura monumento às vítimas de massacre

Agência JB

VIRGINIA - Mais de dez mil pessoas se reuniram sob um sol forte para lembrar as vítimas do massacre da universidade Virginia Tech. Em abril deste ano, o estudante Seung-Hui Cho, um jovem com graves problemas mentais, cometeu um assassinato em massa no Instituto Politécnico e Universidade Estadual da Virgínia (conhecido como Virginia Tech), em Blacksburg, Virginia, nos Estados Unidos. Foi o pior ataque a uma universidade na história do país.

Na cerimônia foi inaugurado um monumento com 32 pedras para lembrar o número de vítimas da tragédia - 27 estudantes e 5 funcionários. Ao final, um sino tocou 32 vezes.

As pedras, com os nomes de cada vítima, substituem outras que foram apressadamente colocadas no mesmo ponto por um grupo de estudantes logo após o massacre em abril.

No centro do monumento está uma pedra maior com a inscrição "nós somos Virginia Tech, nós vamos vencer", em homenagem a todos os mortos e feridos pelos tiros de Seung-Hui Cho.

- Estamos juntos e ainda procuramos respostas para o incompreensível -disse o presidente de Virginia Tech, Charles Steger na cerimônia. "Este monumento é para a nossa coragem e dedicação", completou.