Exército da Argélia mata terroristas da Tunísia, Marrocos e Líbia

Agência EFE

ARGÉLIA - Seis supostos terroristas estrangeiros estão entre os 30 membros do grupo Al Qaeda no Magrebe Islâmico abatidos na semana passada pelo Exército da Argélia na província de Tebesa, afirma nesta terça-feira o jornal argelino "Liberté".

Segundo o jornal, que cita fontes das forças de segurança, os estrangeiros são três tunisianos, dois líbios e um marroquino.

Os serviços de segurança dos três países citados colaboraram na identificação dos corpos, acrescenta o jornal. A informação não foi confirmada pela imprensa oficial.

O Al Qaeda no Magrebe Islâmico costuma recrutar voluntários estrangeiros para formar militarmente em seus redutos e enviar ao Iraque ou a outros países para cometer atentados terroristas.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais