Filial da PDVSA nos EUA doa dinheiro a bairro pobre de Nova York

Agência EFE

NOVA YORK - A empresa Citgo, filial nos EUA da estatal Petróleos de Venezuela S.A. (PDVSA), assinou hoje acordos com entidades do bairro nova-iorquino do Bronx para doar US$ 3,3 milhões em três anos para programas de desenvolvimento comunitário.

O deputado democrata José Serrano, o embaixador venezuelano em Washington, Bernardo Álvarez, e o presidente da Citgo, Alejandro Granado, presidiram a cerimônia na sede da organização Rocking The Boat, uma das beneficiárias.

A iniciativa segue o programa de venda de combustível a baixo custo iniciado em 2005 em favor das comunidades do distrito 16 do sul do Bronx, o mais pobre dos EUA, de maioria hispânica. Naquele ano, o bairro recebeu a visita do próprio presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

O programa beneficiou ao todo 200.000 famílias pobres em 23 estados dos EUA, disse Granado. Com o apoio, nove entidades oferecem serviços a mulheres, crianças, atividades extracurriculares, aulas de inglês e informática, defesa do meio ambiente, educação, alimentação saudável e moradia.

Mas o presidente do condado (subprefeito) do Bronx, Adolfo Carrión, criticou a ajuda recebida pelas organizações.

Para ele, Chávez "deveria resolver os problemas de seu próprio país, que evidentemente são mais graves que os nossos, em vez de usar os moradores pobres dos EUA com propósitos políticos".

Segundo Carrión, eleito pelo Partido Democrata, "é uma pena que comunidades pobres do país tenham que depender de ajudas provenientes do presidente da Venezuela".

Serrano defendeu a iniciativa, lembrando que a Citgo é uma empresa americana e que foi a única a escutar o pedido de ajuda dos setores pobres que ele representa no Congresso dos EUA.

Também elogiou que a Venezuela seja o primeiro país latino-americano a prestar socorro fora de seu território.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais