Caminhão-bomba mata 18 em ataque a prédio do governo iraquiano

REUTERS

BAGDÁ - Um militante suicida matou nesta quinta-feira pelo menos 18 pessoas ao lançar um caminhão contra um prédio do governo no norte do Iraque, parcialmente destruindo a construção e demolindo casas próximas, informou a polícia.

Mulheres, crianças e policiais estão entre as vítimas e muitos deles foram enterrados pelos destroços.

O ataque aconteceu em Sulaiman Bek, cidade a cerca de 90 km sul de Kirkuk e que fica na principal estrada que conecta Bagdá ao norte.

Um capitão policial na cidade disse que o caminhão-bomba foi jogado contra um complexo do governo que abriga instituições municipais

Segundo ele, 18 pessoas foram mortas e 76 ficaram feridas na explosão. Outras fontes policiais da cidade de Tuz Khurmato disseram que os mortos foram 15.

Sulaiman Bek, uma cidade que abriga árabes, curdos e turcos, tem vivido um aumento de violência nos últimos meses, com comboios militares usando a estrada de Bagdá sob ataque constante.

Perto de Bagdá, milhares de soldados dos EUA e do Iraque seguiram com ofensivas contra militantes da Al Qaeda, em uma das maiores operações desde o início da invasão liderada pelos norte-americanos, em 2003, para tirar Saddam Hussein do poder.