Abbas e Olmert vão se reunir no Egito para discutir Gaza

REUTERS

RAMALLAH - O primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, e o presidente palestino, Mahmoud Abbas, terão no domingo seu primeiro encontro desde que o Hamas derrotou a Fatah, grupo de Abbas, em Gaza, disseram nesta quinta-feira autoridades palestinas e egípcias.

Uma autoridade egípcia afirmou que os dois se reunirão no balneário de Sharm el-Sheikh, no mar Vermelho, e que também participarão do encontro o presidente Hosni Mubarak e o rei da Jordânia, Abdullah.

De acordo com uma autoridade palestina, Olmert e Abbas debaterão 'os recentes acontecimentos palestinos e também, como sempre, maneiras de retomar o processo de paz'.

Um assessor de imprensa de Abbas declarou que o encontro será realizado no Egito na próxima semana, mas autoridades israelenses não confirmaram.

Forças islâmicas do Hamas derrotaram a Fatah em Gaza no dia 14 de junho, depois de meses de violência e conflitos entre as facções rivais.

Desde então, Abbas destituiu o governo de união liderado pelo Hamas e formou uma administração de emergência em Ramallah, na Cisjordânia, nomeando um novo primeiro-ministro, Salam Fayyad.

Olmert e Abbas deveriam ter se encontrado na Cisjordânia há algumas semanas, mas a reunião foi cancelada devido aos conflitos palestinos, aos ataques de foguetes palestinos e aos ataques israelenses contra militantes de Gaza.

Israel e a maioria dos países do Ocidente isolaram o governo do Hamas, mas mantêm um diálogo com Abbas, mais moderado.

Na quarta-feira, Israel iniciou seus primeiros contatos com o governo palestino em meses, através de uma conversa por telefone entre a ministra das Relações Exteriores, Tzipi Livni, e Fayyad.