Companhia indiana fecha acordo de US$7,2 bi com Airbus

REUTERS

LE BOURGET - A indiana Kingfisher Airlines anunciou nesta quarta-feira um acordo preliminar no valor de 7,2 bilhões de dólares para comprar aviões da Airbus, incluindo 15 aeronaves A350-800 XWB extras, de 3 bilhões de dólares.

O pedido também inclui cinco aviões A340-500, com quatro turbinas, 10 modelos A330-200 e 20 jatos da família A320. A requisição totaliza 7,2 bilhões de dólares em preços de lista.

O acordo gera um acerto no valor de 1 bilhão de dólares em turbinas Rolls-Royce para os aviões A340-500 e A350-800, nos quais é a única fornecedora.

A Kingfisher já tinha pedido cinco aviões da versão original do A350 e elevou esses pedidos para o redesenhado modelo A350 XWB. O novo pedido para 15 aviões A350 XWB eleva o total do compromisso para aeronave a 20.

A Airbus redesenhou o A350 no ano passado para impulsionar as vendas, criando a nova versão do Xtra Wide Body ou XWB.

O magnata Vijay Mallya, que é chefe do grupo UB e que abriu a Kingfisher Airlines em 2005 para ampliar sua marca de cervejas, disse que a companhia aérea está aumentando a capacidade para operar em rotas sem escalas entre a Índia e a Costa Leste dos Estados Unidos.