Combates no Afeganistão deixam 150 mortos, muitos deles civis

Agência EFE

AFEGANISTÃO - Três dias de confrontos na província de Uruzgan, no centro do Afeganistão, entre forças internacionais e insurgentes talibãs, causaram a morte de até 150 pessoas, entre elas muitos civis, informaram à Efe fontes oficiais.

Um porta-voz da Otan confirmou a morte de "50 ou 60" insurgentes nos combates, que começaram no domingo no distrito de Chora. Ele reconheceu que a organização investiga as notícias sobre um "grande número de baixas civis".

Os combates na região continuam.