Grupo seqüestra alto funcionário de Ministério da Emigração iraquiano

Agência EFE

BAGDÁ - Um grupo armado seqüestrou nesta quarta-feira um importante responsável do Ministério da Emigração do Iraque no leste de Bagdá, informaram fontes dos corpos de segurança.

Taufan Abdul Wahhab, diretor-geral desse ministério, foi seqüestrado por um grupo de pistoleiros em um dos escritórios dessa instituição governamental, localizada na Avenida Palestina, disseram as fontes.

Segundo seu relato, os seqüestradores estavam em quatro carros e vestiam uniformes parecidos com os utilizados pelas forças especiais do Ministério do Interior.

Na terça-feira passada, um grupo semelhante seqüestrou nessa mesma zona um analista e quatro guardas de segurança britânicos que trabalhavam para o Ministério das Finanças iraquiano.

Investigações feitas pelo Exército americano indicam que esse seqüestro foi realizado por um grupo vinculado à milícia radical xiita Exército Mehdi, liderada pelo clérigo Moqtada al-Sadr.

Organizações políticas e sociais árabes sunitas acusaram várias vezes essa milícia de estar envolvida no seqüestro e no assassinato de milhares de pessoas, dentro da violência entre sunitas e xiitas.