EUA dizem que G8 não vai estabelecer limites de emissão de gases

Agência EFE

ROSTOCK - O comunicado final da cúpula do G8 não incluirá limites específicos para a emissão de gases que provocam o efeito estufa, como desejava a chanceler federal alemã, Angela Merkel, segundo disse nesta quarta-feira um alto funcionário dos Estados Unidos.

- Enquanto todas as partes não se sentarem à mesa para negociar, não haverá uma meta, disse nesta quarta-feira em Rostock à imprensa Jim Connaughton, o principal assessor do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, na área ambiental.

A cúpula dos sete países mais industrializados do mundo mais a Rússia começa nesta quarta-feira na Alemanha.