Juiz condena ex-alto assessor de Bush a 30 meses de prisão

Agência EFE

WASHINGTON - Um juiz americano condenou nesta terça-feira o ex-alto assessor da Casa Blanca Lewis 'Scooter' Libby a 30 meses de prisão por mentir a um tribunal sobre o vazamento à imprensa do nome da ex-espiã Valerie Plame.

Libby foi acusado este ano de mentir a um júri sobre suas conversas com jornalistas a respeito da identidade de Plame.

O nome da agente saiu publicado na imprensa em julho de 2003 depois que seu marido criticou ao Governo americano pela guerra no Iraque.