G8 precisa propor plano de mudança climática concreto, diz Annan

REUTERS

PEQUIM - Líderes dos países mais industrializados devem formular um plano concreto para lidar com as mudanças climáticas no encontro do Grupo dos Oito nesta semana, afirmou o ex-secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, nesta terça-feira.

- Impulsionado pela crescente evidência científica, o debate sobre a mudança climática cresceu das planícies tecnocráticas para as alturas dos encontros presidenciais - disse Annan no encontro anual do grupo de conservação ambiental WWF, em Pequim.

- A urgência com que os líderes políticos estão compreendendo a questão não é inapropriada. É essencial que o encontro do G8 mais cinco países, na Alemanha, nesta semana, tenha sucesso em forjar um acordo comum para desenvolver uma estratégia climática global - acrescentou.

Annan fez uma apelo para que os países mais ricos nas conversas de 189 países em Nairóbi, em novembro passado, sejam mais 'corajosos' em cortar as emissões de gases causadores do efeito estufa e pediu que Washington reconsidere sua oposição ao Protocolo de Kyoto da ONU, que reúne 35 nações comprometidas em reduzir as emissões até 2012.

- O momento para recriminações e para passar a responsabilidade para outro acabou. As discussões internacionais sobre ações para conter as mudanças climáticas precisam ser colocadas de volta aos trilhos, com clareza sobre o que será feito, quando e por quem', acrescentou Annan.