Argentina reclama de "intransigência" britânica sobre Malvinas

REUTERS

BUENOS AIRES - A Argentina reclamou nesta terça-feira da "intransigência britânica" de se negar a negociar a soberania das Ilhas Malvinas, sob controle da nação européia. A Argentina invadiu as Malvinas por um breve período em 1982.

Em discurso diante da Assembléia Geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) na Cidade do Panamá, o chanceler argentino Jorge Taiana disse que a reivindicação argentina sobre as Malvinas segue de pé, embora Buenos Aires queira uma solução negociada.

- Lamentavelmente a intransigência do Reino Unido não permitiu este diálogo até agora -, disse.

A Grã-Bretanha domina as Malvinas desde 1833. A última ditadura militar argentina invadiu as ilhas em abril de 1982, mas suas forças foram derrotadas após 10 semanas de campanha militar.

A OEA aprovou sem objeção o pedido de Buenos Aires para que Londres resolva a disputa por meio de negociações.