Eleições para prefeito de Buenos Aires mobilizam 2,5 milhões

Agência JB

BUENOS AIRES - Cerca de 2,5 milhões de argentinos vão às urnas neste domingo para eleger o prefeito de Buenos Aires, que ficará no cargo nos próximos quatro anos. Pesquisas consideram certa a possibilidade de segundo turno, já que nenhum dos três candidatos conseguirá a maioria absoluta nas eleições deste primeiro turno.

Apoiado pelo presidente Néstor Kirchner, o sociólogo e atual ministro de Educação argentino, Daniel Filmus, 51 anos, aparece nas pesquisas atrás do empresário Mauricio Macri, candidato favorito. O atual prefeito de Buenos Aires, Jorge Telerman, tenta se reeleger.

No dia 24 de junho será realizado o segundo turno, caso nenhum dos candidatos ultrapasse a marca de 50% dos votos no domingo. O voto é obrigatório na Argentina, e 2.573.731 cidadãos estão convocados para ir às urnas no domingo e renovar 30 das 60 cadeiras do Legislativo de Buenos Aires.