Primeiro-ministro japonês abre campanha de trabalho sem gravata

Agência EFE

JAPÃO - O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, lançou nesta sexta-feira a campanha anual Cool-biz para que os trabalhadores abandonem a gravata e vistam camisas de manga curta para ir ao escritório, segundo informou a agência Kyodo.

O objetivo da medida é economizar energia, gastando menos ar condicionado.

Abe abriu a temporada usando uma camisa Kariyushi, típica da ilha de Okinawa, no sul do arquipélago.

A campanha para estimular os trabalhadores japoneses a utilizar roupas mais leves no verão começou há dois anos. Os membros do Governo apareceram então nos meios de comunicação sem gravata, para promover o estilo entre os funcionários, entre junho e setembro.

O Ministério do Meio Ambiente anunciou que planeja lançar uma campanha para estender o Cool-biz a empresas privadas.

A medida causou uma pequena controvérsia no Japão, onde a maioria dos trabalhadores costuma ir ao escritório impecavelmente, de terno e gravata.