Família que controla a Dow Jones se reunirá com News Corp

REUTERS

WASHINGTON - A família que controla a Dow Jones anunciou que vai se reunir com representantes da News Corp para discutir a oferta de 5 bilhões de dólares pela companhia, o que coloca a empresa que publica o Wall Street Journal mais perto de uma venda.

- A família chegou a um consenso que a missão da Dow Jones pode ser melhor cumprida em combinação ou colaboração com outra organização, o que pode incluir a News Corporation - afirmou comunicado da família Bancroft, que controla 64 por cento das ações com direito a voto da Dow Jones, nesta quinta-feira.

- A família informou o conselho da companhia que pretende se reunir com a News Corporation para determinar se... será possível garantir o nível de comprometimento à independência editorial, integridade e liberdade jornalística que são os marcos da Dow Jones - acrescenta a nota.

- Isso significa que eles estão prontos para vender - disse o analista da Benchmark Co., Ed Atorino. - Acho que eles estão encarando a realidade da situação. Isso é um evento único.

A maior parte da família Bancroft se opôs à oferta por temores que a reputação editorial da empresa fosse manchada sob o comando do presidente-executivo da News Corp, Rupert Murdoch.

Murdoch, um magnata da imprensa nascido na Austrália, construiu seu império de mídia com forte ajuda do noticiário de fofoca e notícias muitas vezes vistas como sensacionalistas.