Chávez critica Senado brasileiro por apoiar sinal para RCTV

REUTERS

CARACAS - O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou que não existe nenhuma possibilidade de mudar de idéia quanto à renovação da concessão da RCTV, um dos principais canais de oposição a seu governo, e criticou o Senado brasileiro por se manifestar a favor da permanência da TV.

- A estes representantes da direita brasileira, posso lhes dizer que mais fácil, muito mais fácil, seria que o império português voltasse a se instalar em Brasília do que o governo da Venezuela devolvesse a concessão, afirmou Chávez na quinta-feira, durante a assinatura de projetos de cooperação com uma delegação do Vietnã.

A saída do ar da RCTV, cujo sinal foi ocupado por uma cadeia estatal de serviço público, gerou reações dentro e fora da Venezuela e reavivou um clima de tensão social entre os simpatizantes de Chávez e seus críticos.

- Como doeu aos oligarcas, como lhes dói. Claro...cachorros do império, peões todos do império. As elites destes países são todas peões do império norte-americano, disse.

Foram convocadas novas manifestações para esta sexta-feira e para sábado, tanto para apoiar como para rechaçar a decisão sobre a RCTV.