Abe nomeia novo ministro da Agricultura japonês

Agência EFE

JAPÃO - O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, nomeou nesta sexta-feira Norihiko Akagi como ministro da Agricultura, para substituir Toshikatsu Matsuoka, cujo suicídio na última segunda-feira provocou uma crise governamental no Japão.

A agência de notícias Kyodo informou nesta sexta-feira que Akagi, de 48 anos e com experiência em altos cargos da Administração, tomará posse numa cerimônia no Palácio Imperial, na parte da tarde.

Abe já tinha anunciado que sua intenção era escolher o novo ministro da Agricultura com rapidez e entre pessoas com experiência no setor.

Akagi, que estudou Direito na Universidade de Tóquio, foi um alto funcionário da Agência de Defesa durante o Governo do anterior primeiro-ministro, Junichiro Koizumi.

Matsuoka se suicidou na segunda-feira, em meio a um escândalo relacionado à malversação de fundos públicos. Sua morte foi interpretada como um duro golpe contra Shinzo Abe, que tinha defendido o ministro apesar da crescente pressão da oposição pela sua renúncia.

Munenori Akagi, avô do ministro recém-nomeado, foi ministro de Agricultura e Florestas em seis ocasiões, desde 1957.