Dez soldados colombianos são mortos em emboscada das Farc

Agência EFE

BOGOTÁ - Pelo menos dez soldados morreram nesta quinta-feira em uma emboscada realizada pela guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) em uma região rural do departamento de Valle (sudoeste), informaram fontes militares.

O ataque, realizado com uma bomba que explodiu ao lado de uma patrulha do Exército, ocorreu entre os municípios de Tuluá e Andaluzia, cerca de 380 quilômetros a sudoeste de Bogotá, informou o comandante da III Divisão do Exército, general Hernando Pérez Molina.

Entre os mortos há um sargento e um cabo, segundo o alto oficial.

Sete dos feridos foram levados a Tuluá, e três deles, em estado grave, foram enviados à Clínica Valle del Lili, em Cali, capital do departamento de Valle.

Tropas buscam os rebeldes que fizeram a emboscada em uma área montanhosa, segundo Pérez Molina.

Em outra ação, nove agentes morreram na quarta-feira em uma região rural da localidade de Landázuri, 400 quilômetros ao norte de Bogotá, na qual guerrilheiros das Farc ativaram minas antipessoais contra um caminhão no qual viajavam policiais da divisão antidrogas.