Mais de 50 corpos com marcas de bala são encontrados em Bagdá

Agência EFE

BAGDÁ - A Polícia iraquiana informou ter encontrado 55 cadáveres com marcas de bala nas últimas 36 horas, em diversos pontos de Bagdá. A maioria das vítimas tinha as mãos amarradas e os olhos vendados quando foram encontradas.

Vinte e cinco dos mortos foram descobertos por patrulhas da Polícia e transferidos para o necrotério.

Segundo um comunicado ministerial emitido segunda-feira, 137 cadáveres com marcas de bala foram encontrados entre 29 de abril e 6 de maio no Iraque.

Entre os mortos se encontram três guarda-costas do ministro da Educação Superior iraquiano e um motorista da instituição.