Vazamento tóxico força retirada de 5 mil na China

REUTERS

PEQUIM - O vazamento de gás cloro tóxico forçou a retirada de 5 mil pessoas de suas casas e de escolas na China, informou a agência de notícias Xinhua.

O acidente aconteceu no oeste de Harbin, capital da Província de Heilongjiang, disse a Xinhua. Cerca de 2 mil crianças e professores de uma escola e aproximadamente 3 mil moradores foram retirados da região.

Ainda não havia informações sobre a existência de vítimas.

Bombeiros estavam no local para tentar conter o vazamento, disse a Xinhua.