Pepsi é multada por cliente ter encontrado verme em refrigerante

Agência EFE

NOVA DÉLHI - Um tribunal da Índia impôs à Pepsi uma multa de 100 mil rúpias (¬ 1.800) depois que um consumidor encontrou vermes em um refrigerante da marca há cinco anos, informou nesta quarta-feira a agência 'Ians'.

O tribunal de consumidores da região de Himachal Pradesh, no norte da Índia, aceitou a ação de um indiano que em 2002 deu queixa por ter achado 'vermes e insetos' em uma garrafa da Pepsi Mirinda, uma bebida com sabor de laranja.

A garrafa foi adquirida em um posto da localidade de Dharamsala, no Himalaia, e após a denúncia do consumidor seu conteúdo foi enviado a um laboratório da localidade de Kandhagat para ser analisado.

Os cientistas, após analisar a bebida, asseguraram que era 'muito perigosa' para a saúde, o que levou o indiano a levar o caso aos tribunais, segundo a 'Ians'.

A Pepsi já esteve no ano passado no centro de uma forte polêmica na Índia pelo chamado escândalo da 'Pesti-Cola', depois que uma ONG denunciou a presença de pesticidas na bebida.

Três estados da Índia chegaram a proibir o refrigerante, até que o Governo assegurou, após declarações da companhia, que seu consumo era seguro.