John Reid afirma que não há garantias na luta contra o terrorismo

Agência EFE

LONDRES - O ministro do Interior britânico, John Reid, afirmou nesta quarta-feira que o Governo não pode 'garantir o sucesso absoluto' na luta contra o terrorismo, mas apenas 'o compromisso e a dedicação' da Polícia e dos serviços de segurança.

Em uma audiência realizada no Royal United Services Institute de Londres, o ministro se referiu à reforma de competências pela qual a pasta do Interior passará a partir do dia 9 e afirmou que os esforços no combate ao terrorismo serão 'incansáveis e duráveis'.

No mês passado, o primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, anunciou a reformulação estrutural do ministério com o objetivo de reforçar a luta antiterrorista, prevista para o próximo dia 9.

Dessa forma, algumas atribuições, que até o momento correspondiam ao Interior, como prisões e aplicações de penas, serão transferidas para o Ministério de Assuntos Constitucionais, que passará a se chamar Ministério da Justiça.

O Interior continuará administrando a Polícia, a imigração e o controle de fronteiras e contará com um novo departamento denominado "Escritório para a Segurança e o Contraterrorismo', dedicado exclusivamente a estes temas.

Segundo Reid, as reformas darão uma resposta 'mais ágil' às ameaças terroristas. De acordo com ele, o novo escritório desempenhará um 'papel crucial' ao permitir que o Interior se concentre em temas de segurança pessoal, européia e nacional.

O ministro afirmou que as mudanças realizadas em sua pasta se devem ao fato de não se poder mais permitir 'nem um pingo de complacência na luta contra o terrorismo'.