Ônibus de Londres será movido a álcool brasileiro

Agência JB

LONDRES - O prefeito de Londres, Ken Livingstone, deve dar início aos testes com o primeiro ônibus da cidade abastecido com etanol. O Scania OmniCity de dois andares carregará até 81 passageiros e será movido a álcool produzido com cana-de-açúcar brasileira.

Helen Woolston, coordenadora de meio ambiente da empresa de transportes públicos de Londres, a Transport for London (TfL), disse na sexta-feira que o ônibus deve integrar uma frota composta por sete veículos híbridos movidos a diesel e eletricidade.

Estes ônibus já circulam na cidade e, segundo Woolston, há planos para a compra de mais 50 híbridos até o fim de 2008.

A TfL terminou recentemente testes com ônibus movidos a hidrogênio e pretende adquirir dez veículos do tipo no próximo ano, disse Woolston durante uma conferência em Londres, na sexta-feira.

Os ônibus são parte de uma nova meta da prefeitura que visa a reduzir as emissões de gás carbônico de Londres em 60 por cento até 2025, considerando como base o nível de 1990.

A TfL também avalia a possibilidade de criar uma taxa sobre as emissões de veículos, segundo Woolston.

Os veículos que não produzem emissões já estão isentos da taxa de congestionamento.