Mudança no clima é maior desafio para o mundo, diz Annan

REUTERS

OSLO - As mudanças no clima e no meio ambiente são hoje os principais desafios para a comunidade internacional, e se não forem enfrentados podem arruinar o desenvolvimento, disse nesta sexta-feira Kofi Annan, ex-secretário-geral da ONU.

- Se não controlarmos o clima, se não enfrentarmos os desafios do meio ambiente, todos os outros esforços que estamos fazendo podem ser eliminados - disse Annan a jornalistas depois de falar ao Partido Trabalhista Norueguês.

Cientistas afirmam que as atividades humanas, especialmente as emissões de gases-estufa pela queima de combustíveis fósseis, estão aquecendo o clima da Terra. Segundo eles, isso pode causar a elevação dos níveis dos oceanos, a expansão dos desertos e a ocorrência de mais secas e enchentes, desalojando milhões de pessoas e provocando crises econômicas, políticas e humanitárias.

Annan, que deixou a frente da ONU no final de 2006, depois de dez anos no cargo, disse que o meio ambiente será um grande limitador do crescimento e do desenvolvimento no mundo todo.

- Não podemos continuar a consumir os recursos do mundo como se não houvesse amanhã, como se novas gerações não estivessem chegando depois da nossa - disse ele.

- Todos os grandes desafios que enfrentamos hoje não podem ser abordados por apenas um país, por mais poderoso que ele seja. Isso requer cooperação internacional - afirmou.

Para Annan, isso também se aplica a outras áreas, como ao combate a doenças infecciosas, à degradação ambiental, ao terrorismo, às armas de destruição em massa e ao crime internacional organizado. O ex-chefe da ONU elogiou o novo plano da Noruega de reduzir a zero o saldo de suas emissões de carbono até 2050.

- Não sei se o resto do mundo vai ter esse nível de ambição, mas esse deveria ser seu objetivo - disse ele.