Família de Cho pede desculpas e se diz perdida

Portal Terra

WASHINGTON - A família de Cho Seung-Hui, estudante sul-coreano que matou 32 pessoas na Universidade Virginia Tech apresentou nesta sexta-feira suas desculpas e explicou que "não poderia imaginar que ele seria capaz de tanta violência", segundo um comunicado transmitido por seu advogado.

Em uma declaração divulgada por seus advogados, a irmã de Cho Seung-Hui, Cho Sun-Kyung, disse que a família se sentia "desesperançada, impotente e perdida", em seu primeiro comentário sobre o massacre de segunda-feira.

- Em nome de nossa família, lamentamos profundamente a devastação que meu irmão causou - disse Cho Sun-Kyung, que é contratada do Departamento de Estado dos EUA.