Polícia recebe alerta em universidade após tiroteio

REUTERS

VIRGINIA - A polícia na universidade Virginia Tech respondeu nesta quarta-feira a um alerta de segurança em um prédio do campus, mas não encontrou nada de anormal, no momento em que a instituição guarda luto dois dias depois que um estudante matou 32 pessoas e se suicidou.

Corinne Geller, uma porta-voz da polícia estadual, disse que houve um telefonema informando atividade suspeita no Burruss Hall, que é próximo ao prédio onde a maioria das vítimas morreu no tiroteio de segunda-feira.

- A atividade suspeita era infundada, disse ela.

A polícia enquanto isso analisa os textos escritos sobre o atirador, o sul-coreano de 23 anos Cho Seung-Hui, procurando pistas sobre os motivos que o levaram a cometer o pior tiroteio da história moderna dos EUA.