Grã Bretanha tem o maior nível de consumo de drogas da Europa

Agência ANSA

LONDRES - A Grã Bretanha tem o nível mais alto de consumo de entorpecentes na Europa e o segundo número de mortes causadas pelo abuso de drogas. A informação é de estudo britânico independente, publicado hoje.

Segundo a pesquisa, cerca de 281 mil pessoas consomem cocaína na Inglaterra; em 1975 eram 5 mil. Um quinto das pessoas detidas em todo o país é dependente de heroína. Pelo menos 25% dos nascidos entre 1976 e 1980 provaram pelo menos uma vez uma droga classe A, categoria que compreende heroína, cocaína e ecstasy. Quase metade dos jovens já fumaram maconha.

O estudo identifica que a causa da difusão do consumo dos entorpecentes no Reino Unido é a queda nos preços. Apesar do aumento das apreensões de droga pela polícia, o preço de um grama de heroína custa hoje cerca de 54 libras (ou 80 euros), 23% a menos do que em 2000.

O número de mortes causadas pelo abuso das drogas também é alto: em 2005 foram 1644 casos, muitos deles causadas pela Hepatite C. Segundo o relatório, a doença atinge quase 40% dos dependentes de drogas.

No mês passado, o Ministério do Interior britânico afirmou que o consumo de droga no país havia caído 21% nos últimos nove anos. Ruth Runciman, presidente da Comissão Policial para Drogas, comentou que a solução do problema está muito distante.